A Escola em tempo de pandemia: O grande desafio do ano letivo de 2020

Este ano devido à pandemia mundial Covid-19, a rotina das escolas precisou ser adaptada. Os lares também passaram por adequações, onde cada família adaptou a rotina e unida com a Escola reinventaram a forma de educar.


Desde março as aulas passaram a ser ministradas de forma on-line nas unidades educacionais da Irmandade Betânia. Na Escola Aldeia Betânia foi utilizada a ferramenta virtual do Google Classroom para dar continuidade no processo de aprendizagem através do envio das atividades para os alunos.


Desafios acompanharam todo o processo, pois os professores precisaram adaptar as aulas presenciais para aulas virtuais e os alunos, que além de estarem longe dos amigos, precisaram aprender também há gerenciar seu tempo de estudo em casa com o auxílio de suas famílias.


De acordo com a orientadora educacional da Escola Aldeia Betânia Fernanda Malheiros, o maior desafio foi lidar com o desconhecido. “No inicio acreditávamos que ficaríamos no máximo 20 dias em casa e depois retomaríamos com as nossas atividades presenciais. Houve a preocupação de pensar na equipe, de como nos reinventaríamos, saindo das aulas presenciais para começar a lidar com gravações de vídeos e encontros on-line”, comenta Fernanda.


Com o decorrer do ano as incertezas sobre um retorno presencial foram aumentando e os desafios também. Mas a vontade de continuar levando um ensino de qualidade era maior do que qualquer desafio que pudesse surgir. Desta forma os professoresse dedicaram ao máximo para inovar diariamente as postagens nas aulas remotas e nos encontros virtuais on-line pela ferramenta Meet.


“A cada dia que passou fomos nos superando, as professoras começaram a ir em busca de mais recursos, materiais, mais tecnologia e desta forma os vídeos foram ficando mais criativos. Podemos dizer que aprendemos de tudo um pouco durante esta pandemia”, ressalta Fernanda.


Para as famílias, a adaptação também exigiu muito esforço e dedicação. Um começo difícil sem saber ao certo o que aconteceria durante o decorrer do ano letivo.


“Como pais de alunos de segmentos diferentes, um filho na educação infantil e outro no ensino fundamental, nos deparamos com grandes desafios para nos acostumar a nova rotina imposta pelo distanciamento social. Podemos dizer, contudo, que a adaptação de nossos filhos transcorreu bem, pois a Escola teve papel fundamental em se reinventar e buscar rapidamente meios para disponibilizar aulas remotas e interativas. Tivemos apoio de todo o corpo docente e coordenação da Escola, onde se mostraram solícitos e interessados em como estava à receptividade das aulas dadas e desenvolvimento de nossos filhos. A Escola se mostrou muito sensível às nossas necessidades enquanto família, nos apoiando e facilitando este processo que foi novo para todos nós”, comenta a família Voidelo, pais dos alunos Aimeé e Derek.


O ano de 2020 com toda certeza se tornará inesquecível, não somente pela pandemia que deixou suas marcas, mas também pelos ensinamentos apreendidos no decorrer dos meses. “A pandemia nos mostrou ainda mais a nossa força. Uniu ainda mais a equipe e nos mostrou que somos capazes de alcançar os objetivos que desejamos”, finaliza Fernanda.


A Escola Estância Betânia também enfrentou os mesmos desafios. De acordo com a coordenadora Daniele Lucas Fernandes, o ano foi iniciado com muitas expectativas, projetos e vontade de fazer acontecer.


“Sabemos que a pandemia trouxe muitas coisas ruins, mas como o próprio Jesus nos disse: no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo. E assim nossa equipe buscou ânimo para enxergar novas expectativas, replanejar projetos e descobrir que a resiliência e a flexibilidade fazem parte do amadurecimento pessoal e da equipe. Hoje podemos dizer que somos uma equipe mais madura, forte , unida e com o bom ânimo que Deus nos dá, podemos enfrentar as adversidades e continuar a fazer acontecer”, finaliza Daniele.

O ano letivo das Unidades Educacionais da Irmandade Betânia se encerrou na última sexta-feira (18).


Destaque