Irmandade Betânia celebra 05 anos do projeto Fórum de Desenvolvimento do Terceiro Setor


Em 2020 a Irmandade Betânia celebra 40 anos de história e também o 5° aniversário do projeto social Fórum de Desenvolvimento do Terceiro Setor.

O projeto Fórum nasceu no segundo semestre de 2015, por incentivo do voluntário Juliano Lirani, membro do Conselho Fiscal da IEB, e da diaconisa Gabriele Kumm, os quais identificaram as necessidades das Organizações da Sociedade Civil e apresentaram a ideia à Mauren Neufeld, que realizou o primeiro evento no dia 18 de novembro.

Segundo Mauren, gestora do projeto, o primeiro evento realizado evidenciou a necessidade de instigar a capacitação contínua e a articulação do terceiro setor. “A partir deste evento houve a idealização do Projeto Fórum, o qual teve como foco Organizações da Sociedade Civil de médio e pequeno porte de Curitiba e região metropolitana”, comenta ainda que o primeiro Fórum foi composto por três palestras: Aspectos legais do Terceiro Setor, Direito Tributário Aplicado ao Terceiro Setor e Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – ODS. Cerca de 50 pessoas marcaram presença.


Os resultados


Ao longo dos 05 anos foram organizados 10 eventos que debateram muitos temas. Em 2019 participaramcerca de 150 pessoas de mais de 70 organizações. “O Fórum se tornou um evento importantíssimo para as instituições e tem contribuído muito com o aprendizado de muitas pessoas”, ressalta Lirani.

De acordo com depoimentos, os fóruns contribuem muito para a qualificação profissional. “Agradeço a contribuição da Irmandade Betânia com conteúdos relevantes que aumentam ainda mais a credibilidade das organizações do terceiro setor. Desejo meus parabéns e vida logo ao Fórum e viva a Irmandade Betânia”, destaca Claudia Marcia Rodrigues Silva, participantes do projeto e gestora executiva da instituição Elo Apoio Social e Ambiental.


Inovação em meio à pandemia

Neste ano de pandemia, para se reinventar, foi lançada a série “Direto ao Ponto” no canal do Youtube da IEB, com 10 vídeos de profissionais voluntários. Os vídeos tiveram mais de 1.000 visualizações e cada preletor abordou um tema especifico de sua atuação. “Este ano havia o desafio de produzir vídeos com recursos limitados, programas gratuitos e poucos equipamentos; e ainda o de criar algo diferente do que já estava sendo proporcionado por meio de Webinars e lives. Precisávamos de algo direto e aplicável. Foi assim que nasceu a “Série Direto ao Ponto”, finaliza Mauren.

Para a realização os Fóruns ao longo desses 05 anos, a Irmandade Betânia contou com apoio de muitos parceiros para que se tornasse mais efetivo e gerasse impacto na sociedade. Também, foi reconhecido como um projeto social de assessoramento no Conselho Municipal da Assistência Social de Curitiba (CMAS).


Saiba mais sobre o projeto social Fórum em: www.irmandadebetania.org.br/forum


Destaque

Últimas Notícias

Notícias Anteriores